Siga-me

Facebook

Doações

Posts Popular

Livro: O Caminho do Xamã

Postado por matheus f bastos terça-feira, 26 de outubro de 2010 3 comentários


O antropólogo Michael Harner leva-nos com este livro a viver uma odisseia pessoal até a fonte da cura xamânica, o nosso eu mais profundo. Passo a passo, ele ensina ao leitor técnicas e exercícios simples para alcançar os estados alterados de consciência sem drogas.

Livro: A Erva do Diabo

Postado por matheus f bastos domingo, 24 de outubro de 2010 1 comentários


A Erva do Diabo se tornou uns dos livros mais populares entre os jovens do movimento hippie e da contracultura, que rapidamente elegeram Castaneda um guru da nova era e formaram legiões de admiradores que queriam, por conta própria, reviver as experiências descritas no livro.

Download: A Erva do Diabo

Livro: O Alimento dos Deuses

Postado por matheus f bastos 0 comentários


Em suas viagens pelo mundo atrás da sabedoria vegetal, o etnobotânico Terence McKenna descobriu o verdadeiro Alimento dos Deuses. Depois de manter contato com xamãs de distintos pontos do Planeta, McKenna revela o poder de cura das plantas expansoras da consciência. Neste processo consegue mostrar claramente a fronteira entre o uso místico-religioso-ritualístico de uma planta e a sua utilização como droga.
Buscando antigos psicodélicos, como por exemplo o ópio, o álcool e a Cannabis, McKenna faz um estudo cientifico da evolução humana através do uso de drogas até chegar ao café, ao chocolate, ao tabaco, e aos narcóticos pesados, como a cocaína e a heroína, sem falar nas drogas eletrônicas, como a televisão.
Por outro lado, procura conscientizar o leitor da existência de outras substâncias como a ayahuasca, o LSD, o peyote e a ancestral bebida SOMA que aproximam o ser humano dos Deuses. Tudo escrito de uma maneira leve e agradável para que qualquer leigo possa entender as belezas e os mistérios que envolvem as plantas através da historia da civilização humana.

Download: O Alimento dos Deuses

Cogumelos Mágicos

Postado por matheus f bastos sábado, 23 de outubro de 2010 0 comentários

 

Depois de 40 anos de proibição Cientistas voltam a testar alucinógenos em tratamentos psiquiátricos.
 

Califórnia a favor da Legalização da cannabis

Postado por matheus f bastos sexta-feira, 22 de outubro de 2010 3 comentários


No estado da Califórnia os eleitores vão voltar no dia 02/10/10, a favor do cultivo, consumo da cannabis.
Atualmente o consumo da cannabis na Califórnia é proibida, só é legalizada para fins medicinais, a alteração legal é a maneira mais eficaz para combater o tráfico de drogas, e vai fazer com que o Estado arrecade cerca de 1200 milhões de dólares em impostos sobre o produto.
Depois que a cannabis passou a ser legalizada para fins terapêuticos, os negócios com a planta proliferaram na Califórnia, movimentado cerca de 1000 milhões de dólares anuais.
Mais nos EUA essa proposta está um pouco longe, segundo o procurador-geral, Eric Holder, vai aplicar com todo “rigor” as leis federais contra a legalização da cannabis, independentemente do que digam as leis californianas.
Alguns dos argumentos contra a legalização da cannabis é o impacto negativo que a medida teria na saúde publica e ainda com a possibilidade de deixar Washington em uma posição delicada face a países como o México ou o Afeganistão.

Neurocientistas publicam carta a favor da legalização

Postado por matheus f bastos quarta-feira, 20 de outubro de 2010 0 comentários


Em São Paulo um grupo de neurocientistas publica uma carta em defesa da legalização da maconha para fins medicinais no país.
A carta tem como mote a prisão do baixista da banda de reggae Ponto de Equilíbrio por ter plantado erva em sua casa, segundo o cantor era pra consumo próprio.
O documento é emitido em nome da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento. Assinaram a carta nomes como Stevens Rehen, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, coautor da primeira linhagem de células tronco no país, e Sidarta Ribeiro, diretor do Instituto de Neurociências de Natal.
Eles consideram a prisão do músico um equivoco. Pedro Caetano fico preso acusado de cultivar dez pés de maconha para ser vendida.
A carta o defende, dizendo que precisam discutir urgentemente as leis sobre drogas “para evitar a prisão daqueles usuários que, ao cultivarem a maconha para uso próprio, optam por não sustentar o trafico de drogas”.
Segundo os cientistas, existiria conhecimentos científicos para, ao menos a legalização do uso da maconha para fins medicinais.

Manifesto a favor da Legalização no México

Postado por matheus f bastos terça-feira, 19 de outubro de 2010 0 comentários


No México mais de 200 pessoas de todas as idades se reuniram no dia 05/09/10 em um parque do centro da cidade para fumar maconha e pedir a sua legalização.
A manifestação foi na Alameda, um dos locais mais tradicionais do México, onde é ilegal a venda da maconha.
Os manifestantes fumaram a erva com cachimbos enfeitados com crânios de cerâmica, conforme é a tradição das culturas pré-hispânicas.
Os pedidos de legalização da erva chamada no México de “drogas brandas” tem aumentado, principalmente por parte dos partidos da esquerda, para conter a violência ao narcotráfico, que deixou quase 30.000 mortos desde dezembro de 2006.
O ex-presidente Vicente Fox, que é do mesmo partido do presidente Felipe Calderón, também passou a defender a legalização em meados de agosto.
O México é um dos países da América Latina que autorizam o porte de uma "dose pessoal" de droga.

Dias melhores

Postado por matheus f bastos segunda-feira, 18 de outubro de 2010 0 comentários


"É melhor atirar-se à luta em busca de dias melhores, mesmo correndo o risco de perder tudo, do que permanecer estático, como os pobres de espírito, que não lutam, mas também não vencem, que não conhecem a dor da derrota, nem a glória de ressurgir dos escombros. Esses pobres de espírito, ao final de sua jornada na Terra não agradecem a Deus por terem vivido, mas desculpam-se perante Ele, por terem apenas passado pela vida".

Vida

Postado por matheus f bastos 0 comentários


" Para que levar a vida tão a sério, se a vida é uma alucinante aventura da qual nenhum de nós sairemos vivos".

Link-nos


Siga-me os feeds